A Dermatologia é uma especialidade médico-cirúrgica que diagnostica e trata as doenças de pele, cabelo, unhas e mucosas, assim como as doenças de transmissão sexual. A correção dos distúrbios da aparência é também abrangida por esta especialidade.

A Dermatologia está dividida em várias subespecialidades: Dermatologia Geral e Cirúrgica, Oncologia Cutânea, Dermatologia Pediátrica, Alergologia Cutânea, Micologia Dermatológica e Dermocosmética.

Ao longo da vida e diariamente a pele, o maior órgão do corpo humano, funciona como barreira protetora contra várias influências do ambiente, sendo por isso de enorme importância. Além disso, tem ainda como função essencial a regulação térmica do corpo e é responsável pelas funções sensoriais.

O início da História da Dermatologia data de 1504, altura em que o regimento do Hospital Real de Todos os Santos cria a Casa das Boubas com a finalidade de aí ser prestada assistência aos doentes com mal venéreo. Desde então a História da Dermatologia tem sido marcada pela inovação, rigor e profissionalismo de todos aqueles que de alguma forma contribuíram para a mesma. Em 1911 ocorreu a reforma do Ensino Superior com a criação das Faculdades de Medicina de Lisboa, Porto e Coimbra sendo previsto o ensino da especialidade de dermatologia e sifiligrafia. Em 1936, Sá Penella funda a Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (22 de maio de 1936). O Laboratório Edol, empresa de capital exclusivamente nacional desde 1952, deve também o seu nome à parceria que mantém desde então com esta especialidade (EDOL – Empresa de Dermatologia e Oftalmologia de Lisboa). Nota: Dados históricos adaptados de: Cristiana Bastos (organizadora); Clínica, Arte e Sociedade – A Sífilis no Hospital do Desterro e na Saúde Pública; ICS – Imprensa de Ciências Sociais; 1ª Edição; outubro 2011.

oftalmologia

Cosmética e Higiene Corporal